Os melhores alimentos para se dar ao seu bebê; confira quais são

Os melhores alimentos para se dar ao seu bebê; confira quais são

Para as nutricionistas, o melhor é iniciar com as frutas amassadas e na medida que a criança for aceitando, oferecer as frutas em pedaços e inteiras

O que você vai saber!

Capivari de baixo, sábado, 9 de abril, por Maicon Júnior – Os alimentos para se dar ao seu bebê são basicamente aqueles que vem do solo, como as frutas e verduras, ou de animais. Alimento (do latim alimentum) é toda substância utilizada pelos seres vivos como fonte de matéria e energia para poderem realizar as suas funções vitais, incluindo o crescimento, movimento e reprodução.

Essas e muitas outras dicas você só encontra aqui, no Decor e Dicas, o melhor blog que você vai encontrar. Para as nutricionistas, o melhor é iniciar com as frutas amassadas e na medida que a criança for aceitando, oferecer as frutas em pedaços e inteiras. Ao completar sete meses, a criança deverá receber duas papas de frutas (manhã e tarde) e duas papas salgadas (almoço e jantar).

Continua depois da publicidade

Frutas

Banana

Fonte de fibras, potássio e vitaminas C. Uma das frutas mais aceitas pelo bebê, por ser adocicada como o leite materno. Prefira as maduras, mais macias e docinhas. Ofereça amassada e, mais para a frente, em pedaços e até inteira.

Continua depois da publicidade

Mamão

“Na fase de introdução alimentar, é comum os bebês ficarem constipados. O mamão é uma fruta laxativa ou seja, auxilia o trânsito intestinal”, conta Luciana. Vale a regra de escolher os mais maduros e ir evoluindo as texturas.

Proteínas animais

Fonte de proteínas, vitamina A, potássio e outros compostos, o ovo pode e deve fazer parte da introdução alimentar. Sempre cozido, com a gema dura, por cerca de dez minutos após a fervura da água. No início, ofereça-o ralado, depois em pedacinhos ou outras receitas, como mexido e omelete, com um fiozinho de azeite.

Carne bovina e frango

Use cortes como patinho, músculo, acém, filé mignon, lagarto, coxão mole e coxão duro. Prefira sempre os pedaços mais magros e sirva a carne em pedaços bem pequenos mesmo, pois o bebê não ainda não consegue mastigá-la. Já o frango, pode ser peito, coxa e sobrecoxa e podem ser oferecidos também bem picadinhos, sem pele ou gorduras.

Peixe

Eles são fonte de ômega-3, gordura fundamental para o desenvolvimento do cérebro e até então fornecida pelo leite materno. Nesse sentido, salmão e sardinha são os campeões, mas você pode começar com os de sabor mais neutro, como merluza, pescada e tilápia. Além disso cozinhe ou asse e pique para servir. E muito cuidado com os espinhos, hein?

Proteína vegetal

Nessa etapa elas devem vir das leguminosas. Para melhorar a digestão, faça o remolho: lave os grãos, deixe com água na geladeira de um dia para o outro ou por 12 horas, trocando a água pela manhã.

Feijão

Branco, carioca ou preto. No início, o caldinho, depois o grão amassado até chegar no inteiro. Além das proteínas, o feijão também ostenta ferro e fibras. Um alimento que não pode faltar no prato.

You may also like...

Adblock
detector