Feij; o carioca ou feij; o preto? | Jornal Folha de Londrina | Últimas Notícias de Londrina e do Paraná

Feijão carioca ou feijão preto?

Os dois tipos de feijão são recomendados e a dica é aprender a perceber o cheiro de feijão cozido, alimento rico em ferro. “O feijão mais novo cozinha mais rápido e o mais velho demora um pouco mais. Não há muita regra quanto ao tempo de cozimento na panela de pressão e o importante é ficar atenta ao ‘cheiro de feijão cozido'”, recomenda Valéria. A banha de porco também é indicada na hora de temperar o feijão e ela gosta de refogar a cebola e o alho com uma pitada de cominho e uma folhinha de louro. “Definitivamente, não recomendo os temperos prontos pelo excesso de sódio e conservantes e deixe a adição de bacon e linguiça para eventuais fins de semanas”, pondera.
Para deixar o feijão preto ainda mais saudável, ela sugere a adição de pedaços de cabotiá e batata doce na hora de refogar, antes de colocar o feijão cozido: “Fica saboroso e os ingredientes adicionados são ricos em betacaroteno, a famosa vitamina A, e são carboidratos de baixo índice glicêmico”, lembra. Ela também ressalta que o feijão deve ser consumido com restrição por pessoas que têm que seguir dieta com controle de potássio (como os renais crônicos e pessoas que sofrem de ácido úrico).
Para facilitar o cozimento, o feijão deve ser deixado de molho em água fria, por três horas, fora da geladeira. A água deve ser descartada e substituída na hora do cozimento, já que a água utilizada no molho serve para retirar do feijão o excesso de açúcares que prejudicam a digestão da leguminosa e acabam causando flatulência. Se não deu tempo de deixá-lo de molho, o jeito é levá-lo direto ao fogo e gastar mais tempo no cozimento na panela de pressão.
Ela também não recomenda a adição de um fio de óleo na água em que o feijão será cozido – costume bastante comum entre as donas de casa para supostamente deixar o caldo mais grosso. “O que deixa o caldo grosso é o amido que o feijão libera no cozimento e isso deverá ser obtido no processo do cozimento em si, prestando atenção ao ponto ideal, quando o feijão realmente cheira que está cozido. Feito isso, ao ser adicionado ao refogado de temperos, o caldo deverá engrossar no processo de fervura”, garante. Se precisar congelar o feijão cozido, é melhor fazê-lo sem tempero. “É legal temperar na hora para resguardar o frescor do prato, ou até retemperar se for o caso”, adianta. Bom apetite!

You may also like...

Adblock
detector