Blog – Wine Brasil – Qual a diferença do vinho tinto seco e suave? Boutique de Vinhos Finos

Qual a diferença do vinho tinto seco e suave?

Quando se fala de vinho, todo mundo se lembra do clássico vinho tinto. Sempre que alguém quer representar essa bebida, usa uma taça com um líquido roxo dentro, mesmo que haja outras variações e que sejam tão apreciadas e saborosas quanto essa.
Há duas subclassificações de vinho tinto: o seco e o suave. No entanto, muita gente não sabe a diferença entre os dois e isso às vezes acontece até com pessoas que estão habituadas a tomar vinho e gostam de se inteirar do assunto.
Aqui você entenderá de uma vez quais são as diferenças principais entre o vinho tinto seco e o suave para escolhê-los com mais propriedade durante as suas compras e para servi-lo com mais conhecimento aos seus convidados.

Vinho suave é mais palatável para quem vai beber pela primeira vez

Sempre existem pessoas que não costumam beber e que ficam com medo de o vinho tinto ter um gosto amargo. Para driblar isso, é só optar pelo vinho tinto suave, pois o seu sabor é doce, mas sem exageros. O motivo para ele ter sabor adocicado está na fabricação: artificialmente, os produtores colocam um pouco de açúcar, mas sem mascarar o sabor da uva utilizada. Isso faz com que o sabor desse vinho seja bem mais agradável ao paladar de quem não gosta tanto de álcool.

Vinho seco é forte e para pessoas que querem sentir o sabor real da bebida

O vinho tinto seco só é adoçado com a glicose da própria uva, em um processo completamente natural e que não tem adição de ingredientes, como no caso do vinho tinto suave. Isso significa que, enquanto as uvas amassadas estão fermentando, elas automaticamente liberam glicose e é ela que dá a baixíssima nota adocicada, que é quase imperceptível. Portanto, o vinho tinto seco é recomendado para pessoas que são familiarizadas com vinhos e que apreciam o seu sabor mais forte, mais intenso.

Vinho tinto não usa seleção de uvas especiais

Talvez pelo fato de que será colocado açúcar durante a fabricação, “estragando” o processo natural de preparo do vinho, os produtores não usam uvas tradicionais ou de grande prestígio. Muitas vezes, as uvas que são vendidas nos mercados são as mesmas que as vinícolas utilizam na fabricação do vinho tinto suave. É válido dizer que a probabilidade de alguém ficar alcoolizado com o vinho tinto suave é muito maior: por ele ser doce, muitas pessoas exageram na sua ingestão.

Vinho tinto seco é feito com seleções especiais

Como a fermentação é natural e o sabor das uvas é inalterado, as vinícolas dão preferência por usar uvas de mais prestígio, fazendo com que o vinho em si também se valorize. Dentre as mais comuns nas vinícolas, estão Merlot, Cabernet Savignon e Chadornnay.
Ressalta-se que, pelo sabor forte do vinho tinto seco, é menos comum que as pessoas fiquem alcoolizadas com essa bebida. Agora, você pode escolher com propriedade qual vinho vai consumir ou servir a quem gosta.

You may also like...

Adblock
detector