10 dicas para fazer festas gastando menos

10 dicas para fazer festas gastando menos

Como economizar com festas de aniversário, infantis, juninas e outras.

Não pode ler agora? Ouça a matéria clicando no player:

Está chegando o aniversário do seu filho e você quer fazer uma linda festa, mas não pode gastar muito? Ou você quer aproveitar o período do ano para fazer uma festa junina com amigos e não sabe como economizar? Então, veja as dicas a seguir:

1 – Considere fazer a festa em casa

Uma das principais formas de economizar é fazer a festa em casa (ou no salão de festas do prédio), seja festa de criança, festa junina ou de qualquer outro tipo. Analise essa possibilidade. Se não for viável realizar a festa em sua própria casa, veja se algum parente ou amigo está disposto a ceder a casa para a comemoração.

2 – Atenção à lista de convidados

Pense bem sobre quem deseja convidar, evitando chamar mais gente de última hora. Lembre que cada convidado representa algum custo. Em festinhas infantis, por exemplo, pode ser o caso de convidar apenas os parentes mais próximos ou os amigos que também tenham crianças.

Uma boa dica é ver quanto você pode gastar no total e quanto cada convidado deve consumir em média, para ter uma boa ideia de custos e não se perder nas contas. Lembrando que a média de consumo de cada convidado vai depender do tipo de festa e da duração. Alguns sites e aplicativos online já oferecem calculadoras específicas para isso. No caso das festas infantis, um bom exemplo. Se a ideia for um churrasco, um bom app para calcular quantidades por convidado é o Churrascômetro (para Android e iOS).

3 – Convites

Use a tecnologia a seu favor. Em vez de entregar ou mandar convites impressos, prefira, quando possível, mandar convites online, por e-mail ou pelas redes sociais. Há diversos modelos prontos na Internet com os mais variados temas. Existem até sites para criar e já enviar os convites online. Alguns exemplos (este último, em inglês). A ideia, além de mais moderna e econômica, é mais ecológica (evitando impressões e diminuindo a quantidade de resíduos gerada).

4 – Pesquise preços em lojas de atacado

Começar a planejar a festa com antecedência é uma boa dica para economizar. Pois assim é possível pesquisar antes os preços do que precisará ser comprado e até, se for o caso, ir fazendo algumas compras com antecedência para aproveitar promoções e/ou diluir os gastos.

Inclua os atacados na hora de pesquisar e confira se não fica mais barato comprar nesses locais itens que precisará em maior quantidade, como bebidas, ingredientes para os pratos que serão servidos, utensílios descartáveis, materiais para fazer a decoração, etc.

5 – Comes e bebes

Uma ideia para economizar é combinar com cada convidado para levar a própria bebida e/ou um prato. Em festas infantis e casamentos, isso ainda não é costume, mas em outros casos, como churrascos, festas juninas entre amigos, festas corporativas, etc., esse tipo de atitude cooperativa já virou uma prática comum e bem aceita.

Agora, para festas de crianças, a primeira dica de economia com comes e bebes é ficar bem atento ao número de convidados e ao consumo médio (veja as dicas de calculadoras no item 2), para não exagerar nas compras. Lembre-se também que comidas simples – como pipoca, cachorro quente, brigadeiro, gelatina, etc. – podem ser mais baratas e agradar bastante à criançada e a todos, aliás. Investir em um bolo mais simples e gostoso e fazer um bolo cenográfico para decorar a mesa é outra ideia para economizar. Aliás, a mesa é nossa próxima dica.

6 – Mesas de festas infantis

Em vez de contratar buffet ou garçons, se a ideia é gastar menos, prefira organizar espaços para comidas e para bebidas, de modo que os próprios convidados possam se servir.

Em festas infantis, um desses espaços costuma ser a mesa de guloseimas. Use a criatividade para decorá-la de acordo com o tema da festa. Pesquise dicas na Internet e faça você mesmo. Mesmo se seu filho quiser uma festa de um personagem específico, por exemplo, não precisa comprar ou alugar todos os itens. Você pode pensar em usar uma toalha com as cores do personagem, usar balões ou papel crepom com essas cores para montar um painel atrás da mesa, imprimir imagens do personagem para decorar itens da mesa, etc.

No caso de uma festa junina infantil, por exemplo, dá para montar um painel de fundo com chapéus de palha e pedaços de tecidos de chita, fazer minibandeirinhas de chita para decorar bandejas de doces, aproveitar lamparinas e outros itens rústicos que já possua, etc.

7 – Decoração

Em algumas festas, esse item é quase que indispensável. E nesse caso, como no anterior, o que vale é a criatividade. Inspire-se com dicas da Internet de como fazer você mesmo, de acordo com o tema da festa. Peça ajuda a parentes e amigos. E mãos à obra. Vale fazer murais de fotos, vasinhos/potinhos de pirulitos para as mesas, pompons de papel de seda, cataventos, cantinhos para atividades especiais como pintura, usar chapéus de palha como vasos de flores, fazer bandeirinhas de São João usando revistas velhas ou pedaços de tecidos, etc.

8 – Brincadeiras e atividades

Se a ideia é manter as contas em ordem, não precisa contratar um animador nem alugar brinquedos ou equipamentos. Para festas infantis, pense em brincadeiras clássicas que podem agradar à criançada, de acordo com a faixa etária. Alguns bons exemplos: dança das cadeiras, caça ao tesouro, corrida do saco, canto da pintura, canto do desenho animado, etc. Pais, padrinhos e tios podem se revezar na função de ajudar as crianças.

No caso de festas juninas, há também diversas atividades típicas divertidas. Alguém pode ser escolhido para entregar os correios elegantes (ou algumas pessoas podem revezar a função). Dá para organizar uma quadrilha, com noivos, padre e alguém para narrar a brincadeira. E jogos como argola, pescaria e boca da nega ainda podem ser improvisados com objetos simples.

9 – Lembrancinhas para festas de criança

Para economizar, em vez de comprar saquinhos decorados, você mesmo pode fazê-los com papéis coloridos. Ou usar garrafinhas ou potinhos para encher de balas coloridas.

Outra opção é pesquisar lembrancinhas mais duradouras, como lápis de cor ou livros de colorir, que podem ser comprados em lojas de atacado, para gastar menos.

Você ainda pode pensar em lembrancinhas diferentes, como bolinhas de sabão, figurinhas para álbuns, etc.

10 – Festas compartilhadas

Se um primo ou um grande amigo faz aniversário em uma data próxima, por que não realizar uma festa para os dois? Considere essa possibilidade como uma forma de dividir os custos e multiplicar a alegria das comemorações, compartilhando bons momentos e cooperando.

Por falar em cooperar, você já conhece o maior sistema cooperativo de crédito do país, o Sicoob.

Gostou dessa dica? Cooperação começa por aqui, compartilhe esse conhecimento.

You may also like...

Adblock
detector